FerreoDicas

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Maquete para Manobras - Time Saver

E-mail Imprimir PDF

Espaço é algo que influencia a vida do ferreomodelista, afinal, nos padrões da construção civil brasileira, uma área livre de 2,4x1,2m é difícil de se conseguir e cara. Conhecido como um quebra-cabeça ferroviário, o time saver é um traçado baseado em operações ferroviárias, para movimentar vagões de um ponto a outro da maquete. O traçado é um jogo, proposto pelo lendário John Allen. Um número fixo de vagões é distribuído na maquete e um sorteio diz o destino final deles. Como disputa, dois jogadores competem para ver quem termina o jogo em menos manobras.

Figura 1 - Traçado do time saver.

Traçado e Regras

No traçado da Figura 1, os números indicam o máximo de vagões para cada trecho. A locomotiva deve ter no máximo o comprimento dos vagões, já que ela entra na conta dos trechos. Logo, quanto menor o material rodante, menor o traçado. O jogo é feito com 5 vagões e uma locomotiva. Para determinar a posição do material, utiliza-se duas séries de cartões para sorteio. Numa série, descreve-se o material rodante e na outra série as posições possíveis na maquete, de forma a ter um cartão para cada vagão, posição nos trechos e a locomotiva.

O sorteio é feito em pares, tirando uma posição na maquete e um material rodante (locomotiva ou vagão). O sorteio é repetido até posiciona todo o material rodante. Neste momento, os cartões são repostos, à exceção ao da locomotiva, e o sorteio é feito agora para determinar aonde cada material deverá ser posicionado (nota: a locomotiva NÃO faz parte deste sorteio). Nessa hora, uma solução simples para identificar os vagões é ter vários com pintura ou numeração diferentes. Caso não dê, dá para usar uma etiqueta com letras ou números no teto.

Cenário

O time saver pode ser colocado no contexto de um subúrbio industrial de uma cidade, com algumas indústrias sendo servidas pelas linhas, em especial nos desvios A, B e C, mais propícios para isso. Uma infra-estrutura simplificada, como um bar, banca, uma rua  e algumas casas dá um aspecto de lugar onde vivem e trabalham pessoas. Essa caracterização permite que o time saver, além de um jogo, seja uma maquete de pequeno porte, independente ou parte de um "império ferroviário". Por ser uma maquete essencialmente industrial, ele dispensa uma estação de passageiros.

Projetos em Escala HO e N

Para deixar o traçado compacto em HO, considero usar de gôndolas de minério Frateschi como a 2018, que tem 14cm de comprimento usando engates Kadee (15 com o engate normal) e locomotivas U-5B, que tem 16cm de comprimento (note que os segmentos são multiplicados por esse valor). Essas gôndolas da Frateschi tem 5 pinturas, o que ajuda bastante. O traçado na Figura 2 usa trilhos flexíveis e desvios Frateschi, ocupando um espaço de 1,5x0,4m, que pode ser facilmente guardado sobre um guarda-roupa ou embaixo da cama. 

Figura 2 - Traçado HO em trilhos Frateschi.

O traçado ainda pode ser adaptado para trilhos rígidos ou outro tipo de material rodante, desde que respeitadas as proporções. Note que dois trechos são ligeiramente mais longos que a multiplicação por 16cm. Esse espaço a mais é deixado para prover espaço para a passagem de material pelas linhas adjacentes e evitar colisões. Nos pontos A e B o mais adequado são plataformas para "indústrias de parede", sem precisar de um prédio completo. O ponto C pode ser uma linha de transbordo, com uma plataforma para desembarque de carga e carregamento em caminhões. O restante do espaço pode ser usado para o cenário propriamente dito. 

Figura 3 - Traçado escala N (desvios Atlas).

A figura 3 mostra uma alternativa do traçado do time saver para material rodante de 50 pés na escala N, ocupando 1,05x0,25m. O uso de material mais longo e a disposição dos trilhos faz a versão N se aproximar das dimensões da HO, que usa material mais curto. Essa disposição de trilhos é um pouco mais complexa para ser convertida para trilhos rígidos, porém é mais fiel ao traçado original e às regras do jogo. Note que é possível trapacear no traçado em HO, o cruzamento que deveria servir para apenas um vagão pode ser usado para 2, ao passo que na versão N essa restrição é mais rígida.

Variantes

Essa versão clássica é, ao mesmo tempo, a minimalista. O traçado pode ser expandido, incluindo mais indústrias e cruzamentos que dão maior variedade à operação. Claro, além de tudo você pode usar material rodante mais longo, basta mudar o tamanho dos segmentos de acordo com os vagões a operar. por final, se for usar o time saver apenas como um jogo, dá até para pregar direto os trilhos numa chapa de aglomerado, que pode ser guardada atrás de um armário ou outro móvel.

Compartilhe este Artigo

Submit Maquete para Manobras - Time Saver in Delicious Submit Maquete para Manobras - Time Saver in Digg Submit Maquete para Manobras - Time Saver in FaceBook Submit Maquete para Manobras - Time Saver in Google Bookmarks Submit Maquete para Manobras - Time Saver in Stumbleupon Submit Maquete para Manobras - Time Saver in Technorati Submit Maquete para Manobras - Time Saver in Twitter
 

Tags: escala ho | escala n | maquete | planejamento

Última atualização em Dom, 14 de Outubro de 2012 23:49  

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar